• Renata Vasconcellos

Formação em Osteopatia: apenas o início de uma longa estrada


Foi no dia 29 de abril de 2015 que eu ingressei no IBO para começar a realizar o meu sonho de ser Osteopata. Naquela época, eu não sabia quase nada sobre o que é ser de fato um Osteopata e escolhi a escola exclusivamente por ter o campo de estágio em Niterói, aonde moro. Que sorte a minha! Sem saber, estava ingressando na melhor escola de Osteopatia do Brasil, membro da Osteopathic Internacional Aliance e reconhecida pelo Registro Brasileiro dos Osteopatas.

Foram 5 anos de muito aprendizado e de uma mudança completa na minha formação profissional. Hoje posso afirmar que a Osteopatia me transformou como pessoa. Durante todo esse tempo, vivi de maneira intensa cada módulo, cada prova, cada técnica, e a cada dia

eu tinha mais certeza que eu tinha escolhido o caminho certo.

Ganhei amigos, mestres e agora que faltam apenas 4 dias para apresentar o tão temido e sonhado trabalho para a obtenção do título de D.O (Diplomada em Osteopatia) as lembranças vêm à minha mente e sou preenchida por uma única palavra: gratidão.

Sou grata por tudo que aconteceu nesses 5 anos de IBO. Sou grata por todas as dificuldades, todos os aprendizados, pelo acolhimento durante a minha gestação, por todo entendimento e suporte durante o meu pós-parto, pelo acolhimento e amor ao Enzo. Sou muito grata por cada amigo, por cada abraço, por cada lágrima — e obviamente não foram poucas!

Enfim, é maravilhoso concluir, sabendo que essa é apenas uma etapa no mundo que se abre a partir de agora e que se chama Osteopatia.

Que comece, então, um novo ciclo!

..

#Osteopatia

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo