• Karine Almirão

Obesidade: um problema mundial


Na última semana, a obesidade voltou a chamar a atenção de todo mundo. Isso porque um estudo divulgado nos Estados Unidos revelou que mais de 10% da população mundial está obesa.

Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um importante problema de saúde pública, a obesidade afeta crianças, adolescentes e adultos.

Dados mostram que nos últimos anos a prevalência de obesidade tem aumentado de forma alarmante em várias regiões do mundo, sendo responsável, em parte, pelo surgimento de diversas doenças, aumentando, assim, a mortalidade e morbidade. No Brasil, esse crescimento tem sido significativo. Na faixa entre 15 e 19 anos a obesidade entre homens aumentou de 8 para 25% e entre as mulheres, pulou de 11 para 20%.

Considerada uma epidemia que atinge todas as faixas etárias, a obesidade tem apresentado dados tão alarmantes que os órgão de saúde estão se preocupando cada vez mais com a conscientização da sua prevenção e com o estímulo da promoção da alimentação saudável.

NÃO EXISTE OBESO SAUDÁVEL

Pesquisas apontam que, além do impacto na qualidade de vida, muitas das doenças crônicas como as cardiovasculares, diabetes e canceres são provenientes da má alimentação e do excesso de peso. Devido a isso, o acompanhamento nutricional é de extrema importância para reverter o avanço desta epidemia.

Um bom tratamento é capaz de identificar os padrões e hábitos errados, corrigi-los e assim, estimular a mudança para hábitos saudáveis, diminuindo o risco de desenvolvimento das doenças.

Obesidade não combina com saúde e é um problema que deve ser tratado. É possível mudar hábitos ruins e adquirir bons hábitos.

Se você está acima do peso, não espere adoecer. Agende uma consulta com a gente para que possamos te ajudar a chegar ao seu peso ideal e ter um corpo saudável.

#Obesidade

0 comentário